Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!

Esqueci minha senha
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

Ringo Starr, Green Day e Joan Jett entram para o Hall da Fama do Rock

Anterior ▲Próximo ▼

Paul McCartney apresentou Ringo Starr – e há exatos 51 anos os dois estiveram naquele mesmo local, com os Beatles

 
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:cleveland, baixos, patrick, stump, completou, longevidade, eles e passaram284 palavras4 min. para ler
Ringo Starr, Green Day e Joan Jett entram para o Hall da Fama do Rock
Ver imagem ampliada
Cleveland, na noite de sábado, 18, foi sede da cerimônia do Hall da Fama do Rock ‘n’ Roll, festa anual que reconhece artistas pela relevância do seu trabalho na história do gênero. Ringo Starr, Paul Butterfield Blues Band, The 5 Royales, Bill Withers, Green Day, Lou Reed, Joan Jett & The Blackhearts e Stevie Ray Vaughan foram os premiados.


Paul McCartney apresentou Ringo Starr – e há exatos 51 anos os dois estiveram naquele mesmo local, com os Beatles, num show que teve que ser interrompido por conta da loucura dos fãs. A beatlemania estava no auge.


John Mayer apresentou a obra de Stevie Ray Vaughan, guitarrista morto em 1990. John Legend, com Steve Wonder, chamou Bill Withers. Patti Smith fez um tributo a Lou Reed, com participação da viúva do músico, Laurie Anderson.


Fall Out Boy homenageou Green Day. Perguntados sobre o que gostariam de imitar em seus ídolos, Pete Wentz, do Fall Out Boy, respondeu: “Suas contas bancárias!”. Falando sério, Patrick Stump completou: “A longevidade! Eles já passaram por altos e baixos e nós também, mas ainda temos um longo caminho a percorrer.”


A Paul Butterfield Blues Band foi homenageada por uma banda formada por Tom Morello, guitarrista do Rage Against the Machine e que também participou do Audioslave.


Miley Cyrus apresentou Joan Jett e lembrou que já quis fazer sexo com a lendária roqueira, uma das suas mentoras. “Todos nós queremos, Miley!”, gritou Ricky Byrd, guitarrista de Joan Jett. A roqueira disse que não conseguiu ouvir todo o discurso de Miley: “Só ouvi algo sobre ‘sexo’ e as pessoas rindo”, afirmou.


A cerimônia terminou com o clássico dos Beatles, “I Want to Be Your Man”, tocado por quase todos os artistas que participaram da festa.


Fonte: Billboard.


Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

Patrocinadores

UnoChapecóUnimed Chapecó