Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!

Esqueci minha senha
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

Lou Reed sabia que estava no estágio final da doença, diz médico

Anterior ▲Próximo ▼
 
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:reprodução, praticante, mensagem, postou, notícia, tentando, fazendo e meditação281 palavras4 min. para ler
Lou Reed sabia que estava no estágio final da doença, diz médico
Ver imagem ampliada
O cantor, compositor e guitarrista Lou Reed sabia que estava no estágio final da doença no fígado e praticou os últimos exercícios de Tai Chi em menos de uma hora de sua morte, neste domingo, aos 71 anos.

De acordo com seu médico, Dr. Charles Miller, da Cleveland Clinic, em Ohio, onde o cantor havia feito um transplante em abril, Lou Reed voltou ao hospital nos últimos dias de vida após uma piora.

No entanto, o  próprio artista decidiu voltar para Nova York, ao saber que sua doença estava no estágio final.

“Ele morreu em paz, com todos seus amados em volta dele“, disse o médico, segundo o jornal “The New York Times“.  “Nós fizemos tudo que podíamos. Ele queria realmente estar em casa“.

Sóbrio desde 1980, Lou Reed era um praticante de Tai Chi, arte marcial reconhecida também como uma forma de meditação. “Lou estava lutando forte até o fim. Ele estava fazendo os exercícios de Tai Chi dele em menos de uma hora de sua morte, tentando se manter forte e se manter lutando“, disse Miller.

Após a notícia do transplante de fígado, Lou Reed postou uma mensagem para os fãs em sua página no Facebook, em que se descrevia como um “triunfo da medicina moderna“, e afirmou que estava ansioso para voltar aos palcos.

“Eu sou um triunfo da medicina moderna, física e química, sou maior e mais forte do que nunca. Meu tai chi e minha saúde têm me servido bem todos esses anos, graças ao Mestre Ren Guang-yi.

Estou ansioso para voltar aos palcos, tocando e escrevendo mais músicas para me conectar com seus corações e espíritos“, disse ele na época.

Fonte: Folha de SP
Foto: Reprodução

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

Patrocinadores

UnoChapecóUnimed Chapecó