Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!

Esqueci minha senha
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

D`Alessandro lamenta gol sofrido em casa e diz: `Não se pode reclamar de falta de vontade`

Anterior ▲Próximo ▼
 
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:br, , ainda, treinado, fora, disso, coisa e dia261 palavras3 min. para ler
D`Alessandro lamenta gol sofrido em casa e diz: `Não se pode reclamar de falta de vontade`
Ver imagem ampliada
A missão do Internacional, após empatar em 1 a 1 com o Atlético-PR jogando em casa, era buscar uma vitória na Vila Capanema para seguir adiante na Copa do Brasil.

O empate em 0 a 0 acabou classificando o Atlético-PR pela primeira vez à semifinal do torneio e praticamente encerrou o ano colorado, já que a equipe tem poucas chances de G-4 no Brasileirão.

Para o meia D`Alessandro, o gol sofrido em Novo Hamburgo acabou pesando e fez a diferença no somatório dos dois jogos.

“A gente sai da Copa do Brasil de cabeça erguida, não se pode reclamar de falta de vontade. Nós enfrentamos um time forte, num campo difícil, e saímos apenas pelo gol tomado em casa“, avaliou o camisa 10 do Inter após o apito final.

D`Ale também inocentou Clemer de qualquer culpa pela eliminação. No empate em 1 a 1, dia 26 de setembro, o Colorado ainda era treinado por Dunga.

“O Clemer está fora disso, a gente só vê coisa positiva nele. Ele só acrescentou, pois conhece bem o grupo e vem dando continuidade ao trabalho que era feito pelo Dunga, que era bom, mas não teve os resultados esperados“, concluiu o argentino.

Eliminado da Copa do Brasil e a oito pontos do G-4 no Brasileiro, o Inter agora torce para que Grêmio ou Atlético-PR vençam a Copa do Brasil e para que nenhum brasileiro conquiste a Copa Sul-Americana para sonhar com uma vaga na Libertadores.

A distância para o Goiás, clube que hoje herdaria esta vaga extra, é de 4 pontos.

Fonte: ESPN Brasil
Foto: espn.com.br

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

Patrocinadores

UnoChapecóUnimed Chapecó